Pesquisar

Livro: Azul da Cor do Mar
Autora: Marina Carvalho
Páginas: 334
Editora: Novas Páginas
Classificação: 5/5 <3

“No princípio era só um garoto qualquer, na faixa dos quatorze anos, que passava com sua bicicleta azul e preta, todos os dias, no mesmo horário.”
Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez. A ideia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do Mundo. Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços -, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego. Mas a memória daquele garoto de outrora jamais deixa sua mente.
“Decidido: melhor viver de uma ilusão e ser feliz do que encarar a feiura da realidade e me estrepar.”
Começando por falar mais superficialmente do livro: A capa é tão bonita e graciosa e combina perfeitamente com o tema muito descontraído e envolvente da Marina. A estética das páginas apenas tornou a leitura ainda mais fácil para se gostar.
Rafaela é uma pessoa séria que se importa em gostar do que faz e não do que os outros pensam. Apesar de não conseguir imaginar que seguir uma profissão jornalística como sendo sinal de rebeldia, ainda há quem pensa dessa forma. Ela é super desengonçada e esse seu jeito traz uma pitada de humor para a história.
Rafa não se preocupa a respeito da profissão. Porém, ainda possui uma temerosa hesitação quanto ao que os outros pensam. Mas Bernardo tem o dom de encontrar e proporcionar à garota seus piores e mais embaraçosos momentos.
“Ainda bem que eu não estava interessada. Já afirmei antes e repito: homens bonitos demais não foram feitos para relacionamentos promissores e seguros.”
Bernardo é aquele tipo de mentor que, no lugar do nome, está gravado o número do celular na sua agenda como “idiota”, “canalha”, ou algo do tipo. Entretanto isso é apenas uma das faces do personagem.
O desenvolvimento da trama não foi exageradamente rápido, como é fácil encontrar em algumas leituras. A autora tomou seu tempo para prosseguir com o romance sem tornar algo enjoativo ou prolongar demasiadamente.
Os personagens se mostraram muito queridos, assim como a escrita maravilhosa e envolvente da Marina Carvalho que nunca deixa de me encantar com seu toque de humor e romance. Sua história é incrivelmente adorável e encantadora, sendo tão agradável que você não deseja largar até chegar ao final da história.

“Mas isso tudo só aconteceria se existisse um universo paralelo onde a dura realidade não tivesse lugar.” 

~Talita B.


2 Comentários

  1. Sempre ouvi falar do livro mas nunca cheguei de fato a ler uma resenha. E adivinha? Adorei *-* Gostei muita da resenha e fiquei super interessado na leitura. Ah, e indiquei o blog para uma TAG, tudo bem? Quando puder dê uma passadinha lá no Atributos e leia. ^^

    Abraços,
    Rodolfo
    Atributos de Verão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hey Rodolfo. Eu sou meio suspeita pra falar desse livro já que amo a Marina Carvalho. Ela tem uma escrita muito gostosa de ler ^.^
      Obrigada pela indicação.

      Abraços.

      Excluir