Pesquisar



Baseado na biografia de Stephen Hawking, o filme mostra como o jovem gênio cientista britânico (Eddie Redmayne) fez descobertas importantes sobre o tempo, além de retratar o seu romance com a aluna de Cambridge Jane Wide (Felicity Jones), que viria a ser a primeira esposa de Stephen, e a descoberta de uma doença motora degenerativa (Esclerose Lateral Amiotrófica) quando tinha apenas 21 anos.

O que dizer do filme?


“The Theory of Everything” é um filme de cenário suave e maravilhoso, com uma história encantadora. Sem muitos detalhes, a obra traz uma trama tocante e bem elaborada, que tinha tudo para se tornar um drama preso e tenso. Porém, a equipe fez um belo trabalha acrescentando, com fidelidade para com a história original, um toque de humor e focando-se mais na vida amorosa de Stephen Hawking do que em seu trabalho.

Um filme para os amantes de física, literatura e histórias baseadas na vida de pessoas reais. Os protagonistas foram muito bem interpretados e a compatibilidade com seus respectivos personagens é simplesmente memorável. Felicity Jones fez um ótimo papel como a jovem Jane e evoluiu em maturidade junto com ela. Mas o destaque maior fica para o ator Eddie Redmayne que soube construir todos os fragmentos para uma atuação memorável.




Filme: The Theory of Everything (Br: A Teoria de Tudo)
Diretor: James Marsh
Distribuidor: Universal Pictures
 Lançamento: 2015
Nota: 4/5


~Talita B.


Deixe um comentário