Pesquisar

Livro: Cidade do Fogo Celestial
Autora: Cassandra Clare
Páginas: 532
Editora: Galera Record
Classificação: 5/5

ERCHOMAI. Estou chegando. Foi isso o que Sebastian disse. Os Caçadores de Sombras agora estão mais perto de serem tocados pela escuridão do que um dia estiveram.
Enquanto os Nephilins esperam decisões serem tomadas, Clary, Jace e o resto de seus amigos estão se unindo para lutar contra o pior dos inimigos: O irmão de Clary.

Ninguém no mundo é capaz de detê-lo, mas um encontro imprevisto pode mostrar que as coisas estão mudando. O mundo mudará para sempre se não conseguirem deter a grande ameaça.

“Cidade do Fogo Celestial” é o sexto e último livro da saga “Instrumentos Mortais”. O livro é cheio de fantasia e aventura e uma pitada de romance.

Clary é uma personagem que de início não me agradou muito, mas ela passou a evoluir desde o primeiro livro até chegar a essa ótima figura: encantadora e perigosa *pois é... quem imaginaria?*
Jace é aquele cara que no começo você pensa que é só mais um cara metido, mas se mostra a cada livro, um personagem mais profundo e um pouco reservado e inseguro.

O livro saiu exatamente como se esperava. Nenhum ponto decepcionante. Terminou deixando um “gostinho de quero mais”. Mas não se enganem. Seria errado se Cassandra escrevesse mais sobre Clary, Jace e o grupo, porque assim ela estaria enrolando a saga e deixando muitas expectativas que dificilmente serão atendidas.

O que aconteceu foi uma interação dos queridos personagens de “Instrumentos Mortais” com os de “Peças Infernais”. E se você, leitor, ainda não começou a ler *aqui ainda não, mas irei* o final te deixará curiosa e tentada a fazê-lo.

~Talita Becalli


Deixe um comentário