Pesquisar

Livro: Marcada
Autor: P.C. Cast e Kristin Cast
Páginas: 310 
Editora: Novo Século
Classificação: 

Zoey Montgomery é só mais uma garota normal, de uma escola normal. Mas em seu mundo, vampiros existem e não é difícil achá-los. Basta ir à uma morada da noite. Talvez não fosse uma pessoa que acharia comum tudo isso, só que, em breve, sua vida não seria algo menor do que ordinária.
"-Zoey Montgomery! Fostes escolhida pela Noite; tua morte será teu nascimento. A Noite te chama; preste atenção para escutar Sua doce voz. Teu destino aguarda por ti na Morada da Noite!"
Após ouvir as palavras do rastreador, que marcou-a com uma lua crescente sua testa, sua vida antiga desmoronou. Sua dita melhor amiga sentia medo até de tocá-la. Seu relacionamento com seu quase namorado, Heath, deu seu ponto final. Mas havia algo de bom naquilo tudo...
"Então, quando eu estiver com medo e sozinha e estiver acontecendo sei lá o quê, vou me lembrar que nada podia ser pior do que ficar aqui. Nada."
Possuía sérios problemas com a mãe depois de ela ter se casado novamente, com um religioso de mente fechada. Assumindo o erro de ter mostrado o que estava acontecendo consigo, fugiu para a casa de sua avó, Sylvia, que sabia que seria mais compreensível possível com ela.
Em seus momentos, perdeu a consciência e acordou com a visão de uma mulher com um longo cabelo negro, trajando um vestido branco. Aquela aparição era Nyx, a deusa idolatrada pelos vampiros, que tocou-a gentilmente na testa, o que, mais tarde, Zoey perceberia que mudara sua lua crescente.

Sylvia Redbird é uma mulher sábia e sensata. Saberia certamente do que a jovem precisava. E não exitou em levar a neta para a grande morada da noite, onde conheceu Neferet, grande sacerdotisa da morada de Tulsa e sua futura mentora. 

Levada ao seu quarto para conhecer sua colega Stevie Rae, sua nova melhor amiga, e posteriormente seu grupo: Damien, Shaunee e Erin. Além do jovem Erik Night, cujo apreço pela garota trouxe a inimizade de Aphrodite.

Na morada existe um grupo de novatos, os filhos e filhas das trevas, ao qual Erik participa e Aphrodite é a líder. Zoey é convidada para participar, mas a líder passa a se sentir ameaçada pela sua presença. 

Depois da sua primeira cerimônia, onde a grande sacerdotisa invoca os cinco poderes (Ar, Água, Fogo, Terra e Espírito), percebeu sua ligação com tais poderes. Jamais havia acontecido, ainda mais com uma novata. Esse poder fez Z. decidir derrubar a líder das filhas das trevas por seu... ah, uma pessoa mesquinha e super má.


Um incrível acidente por parte de Aphrodite, faz com que espíritos malignos entrem em um ritual secreto dos filhos da noite, sobrando pra Zoey resolver o assunto. Após usar seus poderes e com a ajuda de seu grupo de amigos resolvem todo o problema. 

Uma coisa sobre livros de vampiros que vou repetir sempre que puder é: Quando ouvem a palavra vampiros PAREM DE PENSAR EM CREPÚSCULO. Não digo isso por ter algo contra o livro, embora eu tenha, mas sim porque há muitas histórias diferentes. Essa série não é, se não outra, diferente história de vampiros.

Mesmo não sendo uma das melhores, e nem o melhor livro da saga, algo me chamou atenção no livro, como a escrita e a cooperação, pois "Marcada" e os outros livros da série são escritos por mãe e filha, dando um quebra no que estamos acostumados.

O meu maior problema é com a fraqueza da personagem principal. Zoey é muito insegura das coisas e tende a duvidar de sua intuição, coisa completamente banal, considerando que a deusa Nyx vive a dizendo que devia confiar mais em si mesma.

No final do livro "Marcada", assim como nos próximos livros, há um extra. O primeiro capítulo de "Traída" é trazido nessa edição. O que deixa aos leitores uma prova do que irão ver no próximo.

~Talita Becalli 


Deixe um comentário